LoL: cinco curiosidades e segredos sobre as skins do MOBA da Riot Games

Rumble Supergalático” faz referências à “Gurren Lagann”

O pequeno yordle é um super herói robótico e está preparado para derrotar qualquer inimigo intergalático nesta skin. O que nem todos sabem é que a aparência foi inspirada em uma animação japonesa futurista chamada Gurren Lagann, lançada em 2007. No anime, os humanos lutam para sobreviver no subterrâneo e pilotam robôs com furadeiras. “Perfure o céu e golpeie as estrelas” é uma das falas do personagem, e uma clara homenagem à produção oriental.

Rumble reproduz uma frase memorável do anime japonês  — Foto: Divulgação/Riot Games

Rumble reproduz uma frase memorável do anime japonês — Foto: Divulgação/Riot Games

Visual de “PROJETO: Yasuo” inspirado em personagens de “Metal Gear”

As skins da linha “PROJETO” também apresentam uma pegada futurista aos personagens, em uma realidade onde os humanos precisaram abandonar parte de sua humanidade e se fundiram à tecnologia para se tornarem mais poderosos. A ideia é muito similar à franquia de jogos japonesa “Metal Gear”. A skin do personagem Yasuo é a que mais desperta semelhanças com os personagens Raiden, Sam e Gray Fox.

As skins da linha futurista "PROJETO" apresentam semelhanças com personagens de "Metal Gear" — Foto: Divulgação/Riot Games

“Heimerdinger Invasor Marciano” homenageia filme “Marte Ataca”

Nos anos 90, os marcianos invadiram o planeta Terra e fizeram uma bagunça por aqui. Ao menos é isso o que acontece na comédia americana dirigida por Tim Burton, chamada “Marte Ataca!”. A tentativa de infligir o caos e o terror marcianos, ou pelo menos causar boas risadas com a aparência cômica, também estão bem representados no universo de League of Legends na skin alienígena de Heimerdinger.

O marciano Heimerdinger, inspirado no clássico filme alienígena, invadiu Summoner's Rift — Foto: Divulgação/Riot Games

O marciano Heimerdinger, inspirado no clássico filme alienígena, invadiu Summoner’s Rift — Foto: Divulgação/Riot Games

“Annie Queridinha” inspirada na atriz Shirley Temple

A aparência de Annie na skin com temática de São Valentim é uma homenagem à atriz Shirley Temple, um fenômeno mirim de Hollywood. Os cachinhos e o sorriso eram a marca registrada da artista, que iniciou a carreira aos três anos de idade e estrelou mais de 40 filmes entre as décadas de 1930 e 1940.

Existem outras curiosidades sobre esta skin. É possível observar uma estátua do Amumu na splash art de “Annie Queridinha”. E esta é a única vez em que Tibbers, o ursinho de pelúcia de Annie, não está com uma aparência ameaçadora. Pelo contrário, ele faz referência a um clássico dos anos 80, o desenho animado “Ursinhos Carinhosos”, no qual os protagonistas combatiam o mal com a força do amor.

Há um easter egg na splash art de "Annie Queridinha": uma estátua do personagem Amumu — Foto: Divulgação/Riot Games

Há um easter egg na splash art de “Annie Queridinha”: uma estátua do personagem Amumu — Foto: Divulgação/Riot Games

“Lollipoppy” traz referências do original “A Fábrica de Chocolate”

Nesta skin, Poppy não é apenas a Guardiã do Martelo, mas também é a guardiã dos doces da Fábrica de Chocolate. A personagem está vestida como uma Oompa Loompa, personagem do filme musical “A Fábrica de Chocolate”, lançado nos anos 70. Os cabelos verdes, a pele alaranjada, as luvas listradas, o escudo de chocolate e o enorme pirulito que Poppy carrega no lugar do martelo são detalhes que referenciam o filme.

A arte da skin foi reformulada, mas as características principais do visual foram preservadas — Foto: Divulgação/Riot Games

A arte da skin foi reformulada, mas as características principais do visual foram preservadas — Foto: Divulgação/Riot Games

Tekken 7: curiosidades sobre o jogo de luta no cenário competitivo

Tekken 7 é um dos cinco jogos de luta que mais premiram na história dos esports, e o 51° no ranking geral de games. Ao todo, o título já distribuiu mais de US$ 1,1 milhão (R$ 4,4 milhões em conversão direta) em 126 torneios. A Coreia do Sul lidera como país que mais faturou, um total de US$ 504 mil (R$ 2 milhões), seguida pelos Estados Unidos com US$ 230 mil (R$ 919,2 mil) e Japão com US$ 169 mil (R$ 675,2 mil).

Os três jogadores que mais faturaram com o game até hoje foram os sul-coreanos Bae “Knee” Jae Min, com US$ 125,9 mil (R$ 503 mil), e Byeong “Qudans” Mun Son, com US$ 110,2 mil (R$ 440,6 mil). O japonês Daichi “NOBI” Nakayama vem em terceiro, com US$ 72 mil (R$ 288 mil).

Desde 2017, a Tekken World Tour (TWT) representa o circuito competitivo de Tekken 7, do qual os sul-coreanos Qudans e Jeong “Rangchu” Hyeon-ho foram campeões em 2017 e 2018, respectivamente. Conhecida por seu domínio no jogo, a Coreia do Sul também já venceu algumas edições da EVO, com Choi “Saint” Jinwoo 2016 (2016), Kim “JDCR” Hyunjin (2017) e Sun-woong “LowHigh” Yoon (2018). Em 2018, passou a ser disputada a EVO Japan, com a vitória de Knee no ano de estreia. Surpreendendo a todos, o paquistanês Arslan “Arslan Ash” Siddique venceu a EVO Japan e a EVO 2019.

O Brasil também está presente no competitivo de Tekken 7. Paulo “Shin Paulo” Duarte é o melhor qualificado no ranking global da TWT com 105 pontos, após terminar a EVO 2019 em 17° lugar. Leonardo “Leoxaves” Lima Chaves, vencedor do Fight in Rio 2019, também é outro destaque. Outros players brasileiros que merecem ser citados são Victor “J-Dot” De Oliveira, vencedor do 1er. Torneo Dojo Tekken CBL e do Torneio Oficial Liga Tekken CBL, e Alberto “SGTPEREIRA” Junior, campeão do TRT Iron Fist #3 e $4 este ano. Já Thiago Toni levou o Treta 2018 e ficou no top 5 do Fight in Rio 2019.

Jack-7 é o personagem mais utilizado na história do competitivo de Tekken 7, e não à toa é o mais vitorioso, com 42 resultados positivos. Dragunov, Steve, Kazumi, Devil Jin completam o top 5 dos lutadores mais populares nos torneios. Entre os atletas de destaque que jogam com os principais personagens está Takumi “Noroma” Hamasaki, que é considerado o melhor por player de Jack-7. Nobi atua com Dragunov, Knee joga de Steve e Qudans joga com Devil Jin.

Para professor, Mark Zuckerberg é o homem mais perigoso do mundo

Segundo o palestrante as pessoas deveriam fica preocupadas com o domínio do CEO nas redes sociais mais populares do mundo, e que isso enfraquece, umas das ferramentas da sociedade para ter acesso a informação, a diversidade de meios de comunicação !

O fato de Mark Zuckerberg ter controle sobre os algoritmos desses apps pode criar ondas de desinformação — coisa que o Facebook diz estar combatendo constantemente.

No fim de julho, o departamento de justiça norte americano estava abrindo uma análise de violação da lei antitruste para várias das maiores companhias do país — mas sem revelá-las — segundo uma reportagem do Wall Street Journal. A união das três plataformas poderia ajudar na defesa de Mark, que poderia alegar ser impossível desligar somente uma rede social, visto que todas possuem a mesma infraestrutura de dados.

GOOGLEBOT, O ROBÔ DO GOOGLE Conheça

Na internet robots, ou robôs são aplicativos que percorrem a internet em busca de conteúdo , com objetivo de indexar ou verificar atualizações.

Robots também são conhecidos como “indexadores”“bots” ou “crawlers”. Muito conhecidos na comunidade SEO, possuem até nome próprio. Os robots do Google são chamados deGooglebot, os robots do Bing de Bingbot, os robots do Yahoo de Yahoobot ou Yahoo! Slurp.

eles são comandos utilizados em paginas da internet para levar o internauta a outras paginas do mesmo site ou fora dele

Os robots começam seu trabalho em uma determinada página. Armazenam o conteúdo e mapeiam todos os links existentes nela. Em seguida, priorizam cada um dos links e começam a segui-los, a fim de armazenar o conteúdo e mapear os links encontrados, e assim sucessivamente.

Nem todo o conteúdo de um site deve ser indexado pelos robots. Páginas de login, páginas repetidas e páginas de impressão são alguns exemplos.